Azia – O que é, principais causas e tratamentos

Sensação de queimação e enjoo são problemas que fazem parte do dia a dia de muitos brasileiros. Segundo dados da OMS cerca de 20 milhões de pessoas no Brasil sofrem regularmente com os males da azia, trazendo um trastorno de grande intensidade na saúde, muitas vezes deixando a pessoa bem debilitada, e com sensação ruim.

Existe muitas maneiras que ocorre este tipo de situação, e toda a população está sujeita, mas da mesma forma vem levantando varias duvidas decorrentes que ocasiona a azia, porque ela ocorre com tamanha frequência, e porque algumas pessoas são mais afetadas, e o que pode acontecer causo tenha uma frequência desta ocorrência.

Azia o que é

As sensação de azia ou queimação no estomago é algo por que todos já tiveram que passar pelo menos uma vez na vida. É fato que, se sentida apenas esporadicamente, a azia não apresenta nenhum tipo de risco à saúde, mas caso é tida como algo não natural levando até horas para sumir esta sensação o motivo pode ser outro.

Leia com atenção
Entretanto, algumas pessoas convivem há anos com o incomodo e não buscam o auxílio médico adequado. Em muitos casos, pode significar mais que apenas uma má alimentação e pode ser indicadora de sérios problemas gastro intestinais e até mesmo hormonais.

Quando vista como uma parte da rotina, deve ser tratada por um médico adequado e qualificado que, com os meios corretos, realizara o diagnóstico do problema e recomendara o melhor tratamento, desta forma dando a possibilidade de você se curar deste grande agravamento, podendo retirar da sua dieta certos alimentos que contribuem com esta situação.

O que é a azia?

A azia um mal bem característico, isso por que ela é facilmente identificável e até mesmo confundida com outras sensações de desconforto associadas ao estomago e queimações no esôfago. Normalmente passa pelo estomago e garganta e pode ter as mais variadas causas, tangendo desde a alimentação até a questões hormonais.

Uma sensação de queimação, parecendo que está cuspindo fogo, é o que muitos retratam quando sente os sinais da azia, tendo uma frequência muito mair caso o alimento contribuem com este fatores, vale lembar que tem situação que o organismo faz acontecer a azia por conta propiá sem nenhum tipo de alimento.

O que causa a azia?

Ela é causa pelo mau funcionamento do esfíncter. O esfíncter funciona como uma espécie de tampa que impede a saída de ácido gástrico pelo esôfago, sendo comparada como uma fechadura, impondo diversas situação do tipo na sua saúde, ocasionando grande saídas de ar sem mesmo a pessoa controlar.

Queimação na barriga

Dor no esôfago

Dado o mau funcionamento do esfíncter o ácido gástrico avança pelo esôfago em direção a boca, fazendo com que uma forte sensação de queimação seja sentida ao longo do tórax, devido ao acido gástrico produzido para absorver a sua alimentação, caso algum alimento contem grandes quantidade de gás poderá sair com frequência, como o caso de refrigerantes.

O que causa o mau funcionamento do esfíncter e os refluxos?

Uma das principais causas do problema é a irritação da faixa interior do esfíncter, responsável por manter o alimento ingerido dentro do estomago para que seja realizada a digestão. Se esse alimento contém:

  • Gorduras;
  • Temperos em demasia;
  • Cafeína em excesso;
  • Ácidos cítricos;
  • Álcool;
  • Tabaco;
  • ácido acetilsalicílico.

Ou algum produto ao qual possa se ter uma possível reação alérgica individual a azia também pode ser desencadeada em conjunto, tendo uma consequência bem agravadora deixando uma forte sensação mo peito de mal estar.

Fatores de risco da azia

Podem ser apontados como fatores de risco da azia qualquer pessoa com um habito alimentar prejudicial, que acaba por diminuir o prazer da pessoas quando realizadas as refeições.

Café causa azia

É muito provável que após comer uma fritura acompanhada de um suco de laranja e tomar o clássico cafezinho almoço ela seja sentida. Grupos de risco em serem mais atingidos pela azia são:

  • Obesos

Por apresentarem sobrepeso e, consequentemente, diminuição na função de certos órgãos internos os obesos costumam ser os alvos mais frequentes da queimação provocada pelo refluxo gastro intestinal, tendo a maior tendencia a sofrer com esta situação, levando a um grande desconforto incontrolável.

Distúrbios alimentares

Sobrepeso

Além disso a obesidade também esta associada, muitas vezes, a distúrbios alimentares. Sendo assim, ao comerem mais do que deveriam e muitas vezes forçar uma dilatação do estomago o esfíncter também pode sair prejudicado e problemas como a azia podem ocorrer.


  • Alcóolatras

O alcoolismo gera muitos problemas para o estomago e fígado. Isso por que o álcool é um químico altamente toxico para o corpo e quando consumido em grandes quantidades e, muitas vezes, sem o acompanhamento de algo para comer eleva fortemente a acidez do estomago.

Álcool

Com a acidez elevada a parede interna do esfíncter sai prejudicada e torna-se, em muitos casos, incapaz de segurar totalmente o liquido gastro intestinal dentro das paredes do estomago, fazendo com que aconteça o refluxo.


  • Fumantes

O cigarro causa serias implicações na vida de qualquer pessoa. O cigarro pode, em alguns casos, provocar azia.

Tabagismo causa azia

Entretanto, ela provocada pelo cigarro nem sempre tem a ver com a queimação provocada pelo ácido gástrico alcançando as paredes do esôfago, mas pelo acumulo de impurezas nesse mesmo canal.


  • Pessoas que fazem dietas restritas

Dietas nas quais se passa muito tempo sem comer podem ser muito perigosas às paredes do esfíncter e esôfago. O caráter ácido do estomago eleva-se conforme o tempo sem ingerir alimentos, provocando uma irritação do esfíncter e, consequentemente, uma azia.

Diagnostico

Esta é facilmente identificável por sua sensação de queimação e dor no canal do esôfago. Todavia, a consulta médica é essencial, visto que a azia pode ser vista como sintoma de alguma doença gástrica, estabelecendo uma alta quantia de dor no tórax, elevando o nível de vazamento de ar pela boca.

Tratamento

O tratamento deve priorizar reconhecer as causas da doença para ataca-las. Mudar pequenos hábitos dia a dia é uma medida essencial para solucionar esse problema, como o caso da alimentação e o consumo de bebidas alcoólicas e o cigarro.

Tratamento

Remédios naturais

Se você reparar que sofre após comer em grandes quantidades fracione sua alimentação em porções menor. Caso o problema seja ficar muito tempo sem comer ande sempre com algum alimento em mão para não ficar sem ingerir comida por muito tempo, assim vai ter algo para o seu estomago digerir, e não acumular grandes quantidades de ácidos no estomago.

Como evitar?

Atacar o estomago de qualquer forma pode ser prejudicial a ele. A agressão ao estomago pode ser tanto da quantidade de alimentos ingerida como dos alimentos ingeridos. Evitar alimentos ácidos, álcool, gorduras em excesso e misturar esses itens em refeições pode ser de grande ajuda para poder evitar este tipo de ocasião.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (325 votes, average: 4,30 out of 5)
Loading...

Leave a Reply