Colesterol – O que é, sintomas e tratamentos eficazes

Normalmente, quando falamos sobre colesterol, só sabemos falar coisas ruins, porém ele não é tudo isso de ruim que falam dele. É uma substância importante para manter o funcionamento adequado do nosso organismo pois faz a produção de diversos hormônios como vitamina d, testosterona e cortisol.

colesterol um

Ele esta presente na maioria das partes do nosso corpo, como cérebro, pele, músculo, intestino, fígado, coração, entre outros. Em sua grande maioria é produzido pelo nosso próprio organismo, mas pode ocorrer a produção dele por meio de dietas.

O que é?

colesterol doisO colesterol é uma gordura produzida pelo nosso próprio organismo, mas que também pode ser encontrada em alguns alimentos como carne vermelha, doces e frituras. Ele só circula pelo corpo do ser humano se estiver ligado a lipoproteínas (uma molécula).

Existe dois tipos de colesterol. O conhecido como mau (LDL), que é responsável pelos diversos problemas ocasionados por ele e pela mau fama, justamente por ter níveis muito baixos de proteínas.

E o colesterol conhecido com bom (HDL) que possui grandes níveis de proteína, além de combater e eliminar o colesterol prejudicial a nossa saúde.

Tipos de Colesterol

Existem dois tipos de colesterol e eles são muito diferentes um do outro, assim como:

  • HD:

Ele é o bom, que auxilia na proteção do nosso organismo contra o ruim, limpando o nosso organismo dele e encaminhando-o para o fígado para que ocorra a eliminação do mesmo, impedindo assim o possível entupimento de veias e a ocorrência de infarto ou AVC.

  • LDL:

colesterol tresRuim, causador de todos os problemas relacionados ao colesterol, e os altos níveis dele podem acontecer por fatores como má alimentação, sedentarismo ou obesidade.

Portanto, podemos entender que caso haja o aumento nos níveis de colesterol, esse problema pode ser resolvido mudando hábitos não saudáveis de sua vida.

Como evitar o consumo de alimentos com muita gordura, assim como evitar frituras e aumentar o consumo de frutas e legumes. Logo, você poderá salvar a sua vida mudando apenas a sua alimentação.

Mais sobre LDL

Esse tipo de colesterol faz com que, caso esteja ocorrendo em excesso no organismo, ocorra a formação de placas nas artérias, fazendo com que haja o estreitamento delas e assim, maior dificuldade para que o sangue consiga ir para o cérebro ou coração.

colesterol quatro

colesterol cinco

Por isso, quando o colesterol LDL está alto, aumenta e muito os riscos de doenças cardiovasculares, como infarto e AVC.

colesterol setePara fazer com que os níveis dessa doença mau não sejam altos, basta fazer a pratica de exercícios físicos e principalmente, ter uma dieta saudável, consumindo alimentos com menos gordura e açúcar. Outro ponto que pode ajudar nesse combate é evitar o tabagismo.

O aumento do nível de colesterol não causa nenhum sintoma, e normalmente, só é percebido quando ocorrer AVCs ou infartos, por isso é um problema muito sério, pois caso haja a ocorrência de algum desses dois problemas citados, podem levar um individuo a óbito.

Faça agora!
É recomendado fazer exames durante um período de tempo determinado pelo médico para que assim, possam-se controlar os níveis e ainda haja o conhecimento quando os níveis aumentarem ou caírem, evitando assim casos de infarto.

Fatores de risco

A grande maioria dos fatores que causam o alto nível de colesterol, podem ser evitados por nós mesmos, porém, existem algumas situações em que não podemos influenciar como:

  • Menopausa.

Normalmente, durante a menopausa, os riscos são maiores, pois durante o tempo em que a mulher menstrua, ela tem a produção tanto da doença quanto do mau. Porém, quando a mulher para de menstruar, ocorre uma produção maior pelo organismo do mau aumentando as chances de problemas.


  • Obesidade.
  • Histórico familiar.

Caso alguns parentes seus já tenham algum histórico elevado, é sempre bom ter acompanhamento médico desde criança, pois isso pode estar relacionado aos genes herdados de sua família.


  • Tabagismo.

O tabagismo, além de ter a capacidade de diminuir a produção do HDL, pode influenciar para que haja maior acumulo de LDL nas artérias, aumentando ainda mais os riscos.


  • Diabetes.
  • Não fazer exercícios físicos.
  • Alimentação.

A maioria da doença é fabricado pelo fígado, porém, 30% pode ser desenvolvido pela alimentação de cada pessoa. O mais indicado é a ingestão de alimentos ricos em gordura insaturada, pois eles aumentam a produção do colesterol bom.

Sintomas

O nível muito alto alto é muito perigoso justamente por, na maioria das vezes, não causar sintomas no individuo. Assim, o indicado é realizar exames de sangue ao menos uma vez por ano, para que se possa descartar todas as possibilidades de problemas acarretados pelo colesterol.

colesterol oito

Alguns sintomas podem ocorrer como falta de ar e dores no peito, porém na maioria das vezes são bem leves, o que não faz com que desperte a vontade de um paciente consultar um médico.

Tratamento

Atualmente é possível que venham a encontrar muitos meios diferentes de fazer o seu tratamento, e para cada tipo de colesterol existe um tratamento diferente, onde é possível que possam conferir alguns deles mais abaixo. O tratamento para baixar os níveis de colesterol, normalmente são feitos por meio de um desses três elementos:

  • alimentação saudável;
  • pratica de exercícios físicos diariamente.

Consulte um médico!
uso de medicamento (estatina) por bloquearem a produção de colesterol que ocorre no fígado. Mas, existem outros tipos de medicamentos, cada um indicado para cada caso, por isso, consulte um médico para que ele te receite a melhor opção.

Prevenção

Existem diversos métodos usados para afastar esse problema, a maioria está relacionado a alimentação, que são coisas simples que podem acabar evitando problemas muito graves. Pode ser que já conheçam estes meios de prevenção, mas caso venham a não saber quais são basta conferir mais abaixo, como por exemplo:

  • evitar carnes vermelhas;
  • evitar queijos amarelos.- consumir muita aveia, pois ela tem a capacidade de eliminar uma certa quantidade pelas fezes;
  • consumir soja.

É comum os indivíduos só darem importância ao após completarem 40 anos, porém, esse é um problema que não vem com a idade, e sim com s hábitos alimentares e físicos.

Remédios

Para fazer os tratamentos dos pacientes, os médicos tem indicado muitos medicamentos, até porque algumas vezes são realizadas operações, mas isso apenas ocorre caso o problemas esteja em um estágio mais grave, mas de início a maioria dos médicos acabam receitando alguns remédios para que os seus pacientes possam fazer seus tratamentos em casa.

colesterol remédios

São muitos os remédios que podem ser usados para que as pessoas possam se tratar em casa, mas caso não os conheça, mas abaixo é possível que possa conhecer alguns deles. Acompanhe:

  • Sinvastatina;
  • Sinvastatina;
  • Sinvastatina;
  • Atorvastatina;
  • Mevacor;
  • Ezetrol;
  • Vytorin;
  • Rosuvastatina;
  • Vaslip;
  • Citalor;
  • Pravacol.

Mas vale a pena lembrar que independente de qual deles venha a fazer o uso, podem ter certeza de que vão conseguir todos os seus resultados assim como é prometido, e cada um deles pode ser facilmente encontrado em qualquer farmácia que venha a procurar. Para também que não tenham que ter muito trabalho em sua procura, encontrando eles em qualquer farmácia de sua cidade.

Receita médica

A maioria desses remédios para o tratamento do colesterol citamos mais acima precisam de uma receita médica, ainda mais porque eles vem a ser muito fortes, e o seu uso de maneira incorreta pode acabar causando muitos problemas, sendo por isso necessário que tenha uma dosagem certa, que é designada por u especialista para que os pacientes possam fazer o seu uso de forma segura sem nenhum tipo de risco.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (965 votes, average: 4,70 out of 5)
Loading...

Leave a Reply