Exame Transvaginal – Preço, como é feito, Indicações e vantagens.

Exame transvaginal, também chamado de transvaginal ou ultrassonografia transvaginal, é utilizado para que o médico possa visualizar com eficiência e clareza os órgãos na região da pélvis. Podendo ser a vagina, colo do útero, útero, ovários, espessura do endométrio e também para visualizar as trompas de Falópio.

exame transvaginal

Quando a mulher vai fazer o exame transvaginal, há a penetração de um pequeno aparelho na vagina, que envia ondas sonoras que são convertidas em imagens para que o médico possa fazer o diagnóstico do problema que a mulher possui. Pode ser feita por diversos motivos relacionados a região da pélvis:

  1. Infecções;
  2. Câncer;
  3. Cistos;
  4. Gravidez ectópica.

É geralmente o mais indicado para esses propósitos, pois a imagem obtida é nítida e também não oferece dores ao contato. Sendo exatamente por isso que ele é muito indicado pelos médicos para que as suas pacientes possam fazer ele para assim conseguirem descobrir algum problema que possam ter em seu útero,

Médicos indicam a ultrassonografia transvaginal para mulheres gravidas pela primeira vez quando há 3 ou 4 meses de gestação para saber qual a idade, também para descobrir possíveis problemas no feto e também na região relacionada ao útero.

Preço do exame transvaginal

Podendo ser feita em certos casos de gravidez sem custo nenhum pelo SUS, ou dependendo do caso em hospitais particulares ou também do caso da pessoa, como pelo motivo que ela vai fazer a ultrassonografia do exame transvaginal, podendo várias de R$ 100 até R$ 300. Ou seja, pesquise bem, pois ele pode acabar variando muito em seus valores.

exame transvaginal feminino

Mas isso também vai depender muito de onde decidir faze, pois em algumas clínicas o seu preço pode ser ser ainda mais alta. E em outros casos é possível que o façam em postos de saúde, mas é claro que não é tão fácil assim , até porque são muitas as mulheres que não tem condições de pagar que já esperam na fila para conseguirem fazer o seu exame.

Quando fazer?

Ela pode ser indicada para casos de sintomas relacionados a gravidez ectópica, cisto, para a colocação do DIU, mas ela é geralmente indicada quando há sintomas como: infertilidade, dores nas regiões da pélvis e também o sangramento vaginal que não possui causas relacionadas a nenhum sintoma. Em gestantes, ele pode ser usado para fazer:

  • Para monitorar os batimentos cardíacos do feto/bebe;
  • Para causas de sangramentos vaginais que não possuem causas aparentes;
  • Para identificar e assim prevenir sinais de aborto;
  • Para examinar a placenta;
  • Para casos de gravidez.

Eles são exclusivos apenas para estes casos, mas apenas para as gestantes, ou seja, ele não funciona da mesma maneira para todos, sendo exatamente por isso muio importante que passem a pesquisar muio mais sobre ele antes de fazer.

Como ele funciona?

A mulher fica em uma posição com pernas abertas e pouco dobradas em uma cama ginecológica, onde o médico insere um pequeno aparelho protegido com uma camisinha e lubrificante (para prevenir dores e infecções como bactérias).

exame transvaginal como funciona

Graças a isso é possível a movimentação dele dentro da vagina para que possa proporcionar imagens de diferentes ângulos. O tempo que o pequeno aparelho fica introduzido na vagina pode variar de 10 minutos a 20 minutos.

Esse exame em caso algum deve proporcionar dores na mulher, se isso acontecer, a mulher deve informar o médico para que ele possa resolver o problema inserindo o pequeno aparelho de outra forma ou até mesmo achar o motivo da dor.

Não se preocupe, é normal que haja pequenas pressões na região da vagina e da barriga, então se isso acontecer não se preocupe. Sempre alerte o médico se houver alguma sensação muito estranha.

Indicações

Pode ser indicado por diferentes causas, de doenças diversas, entre doenças relacionadas a órgãos da pélvis a gravidez em outros lugares como trompas.

  • Pólipos endometriais;
  • Gravidez nas trompas ou em qualquer lugar fora do útero;
  • Endometriose;
  • Miomas;
  • Tumores em ovários.
  • Alterações genéticas relacionadas ao colo do útero;
  • Avaliação da implantação do embrião;
  • Primeiro exame morfológico.

Esses problemas são muito sérios, e muitas vezes as mulheres acabam não descobrindo eles no início, mas sim quando ele já está em um estado mais grave, fazendo com que assim o seu tratamento seja muito mais complicado. Sendo assim é muito importante que façam este exame para que assim possam evitar cada um desses problemas.

Durante a gestação

O exame possui maior eficácia para confirmar uma gravidez, e também é muito usado durante o pré-natal e para avaliar a saúde do bebe. Ele é capaz de realizar o calculo da idade do bebe de forma um tanto quanto eficaz, de forma que os outros exames e diferentes ultrassons não consigam, geralmente ele é feito em mulheres gravidas depois do primeiro trimestre, ou seja quando a gestação passa de 3 meses.

exame transvaginal duração da gestação

Os ultrassons realizados pela barriga não possuem uma forma exata de calcular a idade do bebe, eles possuem o nome de ultrassons obstétricos. Geralmente são usados quando a gravidez esta em um nível mais avançado e o útero esta em um tamanho consideravelmente grande. Geralmente os erros de idades calculados pelos ultrassons obstétricos pode chegar de até 21 dias, quase um mês de diferença da idade verdadeira do bebe.

O ultrassom do exame transvaginal que possui uma margem de erro de no máximo de uma semana, ou seja, de 1 dia podendo chegar a 7 dias. A diferença de erro na idade dos dois tipos de ultrassonografia, a transvaginal entre o obstétricos é de 3 semanas, por isso que acaba sendo mais recomendado o uso da ultrassonografia transvaginal.

Cuidados com o exame transvaginal

A maior preocupação das mulheres é se pode machucar o bebe ou até mesmo a vagina. Não, ela não machuca a vagina, ela pode proporcionar pequenas pressões nas regiões relacionadas á barriga e também na vagina, se ocorrer dor, e preciso que informe o médico, para que ele descubra a causa para poder realizar de maneira que não ocasione em dores.

exame transvaginal cuidados

No caso de machucar o bebe, não se preocupe, o aparelho é pequeno e incapaz de alcançar o colo do útero, as ondas sonoras produzidas estão acima da percepção do nosso ouvido então não podem ser escutadas por nós e nem para o bebe, também não existe radiação presente nessas ondas.

Conclusão

Esperamos então que possam ter entendido tudo em relação a este problema, para que dessa maneira possam tirar todas as suas dúvidas em relação a este assunto. Sabemos que as doenças no útero são muito sérias, e por isso e muio importante que tomem cuidado em relação a isso.

Caso possam ter alguma dúvida em relação a este assunto apenas pedimos que deixem suas dúvidas nos comentários, onde dessa maneira poderemos responder o mais rápido o possível.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (216 votes, average: 4,90 out of 5)
Loading...

Leave a Reply