Metronidazol – O que é, onde comprar e efeitos colaterais

Metronidazol é um antibiótico muito utilizado parar tratar infecções causadas por bactérias anaeróbicas e protozoários, trazendo uma melhor facilidade no combate dessas bactérias, tendo um incrível desempenho de seu uso. O benzoilmetronidazol é um derivado do metronidazol, com mesmas funções e efeitos, mas, por não ser solúvel em água, é encontrado na forma de xarope.

metronizadol remedio

Ela é tratada desde uma simples infecção vaginal em mulheres saudáveis, até infecções gastrointestinais graves em pacientes hospitalizados, pois tem a alta capacidade de trazer o melhor para os pacientes, tendo um efeito bem agradável e com uma rápida ação de seu uso.

Atua eliminando vermes e parasitas do corpo (atividade antiparasitária) e possui propriedades anti-infecciosas e atividade antimicrobiana, contra microrganismos anaeróbicos, que crescem na presença de baixas concentrações ou completa ausência de oxigênio.

Para que serve o Metronidazol?

O Metronidazol atua em infecções causadas principalmente pelas seguintes bactérias anaeróbicas:

  • Eubacterium sp;
  • Bacteroides fragilis;
  • Fusobacterium sp;
  • Clostridium sp;
  • Bilophila wadsworthia;
  • Gardnerella vaginalis.

As principais doenças tratadas por este medicamento são:

  • Vaginose bacteriana;
  • Rosácea;
  • Tricomoníase;
  • Pneumonia por aspiração;
  • Giardíase;
  • Amebíase;
  • Colite pseudomembranosa;
  • Infecções intra-abdominais.

Com a sua utilização, você vai poder estar combatendo com mais eficiência essas bactérias e infecção, trazendo um melhor desempenho para a sua vida, com um recurso muito avançado da sua qualidade, mostrando uma alta qualidade dos recursos disponiveis dentro do medicamento, combatendo inúmeras doenças.

Nomes comerciais

Em Metronidazol sob forma de creme vaginal pode ser comercializado com nistatina (antifúngico contra candidíase vaginal). Os principais encontrados são:

  • Colpistatin;
  • Colpistar;
  • Flagyl Nistatina.
  • Helmizol;

  • Terconazol;
  • Rozex;
  • Neo Metrodazol;
  • Flagyl.

Esses são os nomes que você vai poder estar encontrando nas farmácias, trazendo uma melhor facilidade de acesso, assim vai poder escolher o que mais agrada, além de ver qual que o medico passou com a indicação.

Em comprimido

O Metronidazol é comercializado em comprimido com dosagens de 250 mg ou 400 mg. No uso pediátrico é recomendado utilizar o medicamento sob forma de xarope com a dosagem de 40mg/ml.


Em creme

Para o tratamento da Rosácea é indicado o uso em creme ou gel. Para tratamento vaginal é indicado o uso em creme 0,75% ou 100mg/g., passando em toda a região, lembrando que o local deve estar bem limpo para fazer o uso, caso ao contrario não vai encontrar os efeitos desejados.

Contraindicações

Importante!
Não existem muitas contra indicações deste medicamento. Deve apenas evitado por pessoas que fazem uso de bebidas alcoólicas, por mulheres grávidas durante o primeiro trimestre. Durante a lactação, as mulheres devem evitar seu uso pois o medicamento pode ser encontrado no leite, prejudicando a saúde do bebê. Se não for possível, recomenda-se interromper a amamentação por pelo menos 3 dias após o uso do ultimo comprimido.

Interações medicamentosas

metronidazol usandoO uso deste medicamento deve ser evitado ao relacioná-lo com bebidas alcoólicas, pois pode não fazer efeito algum, além de colocar a sua saúde em risco estar ingerindo ou utilizando qualquer tipo de medicamento com bebidas alcoólicas.

Qualquer antibiótico não é recomendado ao misturar a bebida alcoólica, mas no caso do Metronidazol, essa associação pode causar uma reação do tipo dissulfiram (droga usada no tratamento do alcoolismo, quem faz uso não consegue beber pelas reações fortes que causa), provocando náuseas, vômitos, falta de ar, vermelhidão na face, calor e palpitação.

Drogas como fenitoína e fenobarbital, que induzem enzimas microssomias, podem acelerar a eliminação deste medicamento. É necessário cuidados ao associar o Metronidazol a anticoagulantes orais e o fluorouracil.

Efeitos colaterais do Metronidazol

Os efeitos colaterais são: distúrbios psiquiátricos, distúrbios visuais, distúrbios do sistema nervoso, distúrbios gastrintestinais, distúrbios do sistema imunológico, distúrbios hepatobiliares, distúrbios na pele e tecido subcutâneo. Os principais sintomas desses distúrbios são:

  • Dor de estomago;
  • Nausea;
  • Vômito;
  • Mucosite oral;
  • Anorexia;
  • Alteração no paladar incluindo gosto metálico;
  • Humor depressivo;
  • Confusão;
  • Alucinação;
  • Choque anafilático;

  • Angiodema;
  • Neuropatia sensorial periférica;
  • Meningite asséptica;
  • índrome cerebelar subaguda;
  • Trombocitopenia;
  • Neutropenia;
  • Agranulocitose;
  • Alteração da visualização das cores;
  • Diminuição da qualidade visual;
  • Alterações visuais transitórias;

E ainda tem muito mais: Neuropatia óptica, Erupções pustulosas, Urticária, Síndrome de Steven-Johnson, Rash (erupções cutâneas), Coceira, Necrólise  piodérmica tóxica, Hepatite celostática ou mista, Aumento das enzimas do fígado: AST, ALT, fosfatase alcalina, Lesão das células do fígado, Icterícia.

Bula

Atenção!
A composição do Metronidazol varia de acordo com sua forma: em comprimido ou em creme. Na composição do comprimido contém: estearato de magnésio, celulose microcristalina e polivinilpirrolidona. Mesmo que indicado por um médico, antes de fazer o seu uso é indicado é que dê uma lida em sua bula só para ter certeza de que

metronidazol bula

Nos cremes, a composição apresenta: hidróxido de sódio, carbomer 934, cloreto de benzalcônio, metilparabeno, edetato de sódio e propilenoglicol. Lembrando que são estes os responsáveis por cada um de seus resultados, que trabalham juntos para que assim possa apresentar cada um de seus maravilhosos resultados sempre um dos mais indicados pelos especialistas.

Como tomar?

O comprimido deve administrado via oral, com auxílio de água ou algum outro líquido e após as refeições. O seu uso deve ser feito exatamente como vem a ser prescrito em sua bula, ou como o médico indicar, devendo ser feito de forma correta para no correr nenhum tipo de risco ao estar o usando. A posologia deste medicamento varia de acordo com cada doença, por exemplo:

  • Giardíase: comprimido de 250 mg, 3 vezes ao dia, por 5 dias;
  • Amebíase intestinal: comprimido de 500 mg, 4 vezes ao dia, durante 5 a 7 dias;
  • Amebíase hepática: comprimido de 500 mg, 4 vezes ao dia, durante 5 a 10 dias;
  • Infecções por bactérias anaeróbicas: comprimido de 400 mg, 3 vezes ao dia, por 7 dias;
  • Tricomoníase: 1 comprimido de 500 mg de 12 em 12 horas por 7 dias ou dose única de 2000 mg;
  • Gardnerella: 1 comprimido de 500 mg por 7 dias a cada 12 horas.Na forma de pomada pode a posologia é;
  • Rosácea: 2 aplicações diárias do creme;
  • Gel vaginal: uma bisnaga cheia, de 5 mg, em aplicação única durante 10 a 20 dias.

Essas são as formas mais correta de fazer a sua utilização, trazendo o melhor desenvolvimento e também uma ação melhorada, tratando a sua situação com uma melhor qualidade possível resolvendo o seu problema.

Preço

Ao fazer a sua compra é preciso que faça antes uma pesquisa para conhecer cada um de seus valores, devido ao fato de que todos os seus preços variam muito dependendo do lugar que venha a comprar, e que por sinal essa diferença pode acabar sendo muito grande, dependendo também de sua dosagem. O preço deste medicamento varia entre 15 a 50 reais.

metornidazol preço

Uma coisa muito importante é que passe a comprar o seu metronidazol apenas em farmácias e sites credenciados, para que evite ter problemas com medicamentos falsificados. Ao fazer o seu uso é possível que venha a correr riscos, que podem ser dos mais simples assim como também os mais graves, que podem ou não ser fáceis de serem resolvidos.

Precisa de receita?

Por ser um medicamento muito forte, a sua venda apenas pode ser feita com a apresentação de uma receita médica, especialmente porque ao se auto-medicar são muitas as chances de faze o seu uso em excesso, e que acaba sendo muito prejudicial para a sua saúde, assim como também para o seu corpo.

Até mesmo as farmácias não tem a permissão de fazer sua venda sem que seja apresentada uma receita de um médico indicando o seu uso, então vai ter que passar com um medico para pegar a receita, assim vai conseguir ter a compra bem sucedida na farmácia.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (880 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...

Leave a Reply