Tinidazol – Para que ele serve, suas propriedades, como tomar, benefícios e muito mais.

Fármacos possuem na maioria da vezes uma grande composição que se torna complexa, daí que acaba surgindo a importância em conhecer mais sobre eles, afinal quanto maior é a composição que o medicamento possuí mais poderosos ele é e consequentemente ele consegue ajudar mais o nosso corpo ou também prejudicar mais ele do que imaginamos, por isso, para ter um controle maior sobre um medicamento, devemos conhecer sobre ele, dessa maneira iremos neste artigo comentar mais sobre o Tinidazol.

Tinidazol

Esse remédio é muito mais popular do que imagina pois ele trata de alguns problema muito comuns que podem ocorrer em nosso corpo, e quando isso acontece é comum que dependemos de medicamentos para conseguirmos nos livrar de tais problemas, até porque hoje em dia os remédios se tornam muito mais práticos e de fácil acesso, já que na maioria dos casos podem ser comprado sem prescrição médica.

Assim vamos conhecer mais sobre as contraindicações que estão ligadas ao remédio chamado de Tinidazol, além de é claro descobrir também quais são os efeitos colaterais que podem surgir devido a sua superdosagem, sem contar que também iremos mostrar a você o que deve fazer para poder se prevenir destes efeitos colaterais que podem ocorrer em sua saúde.

Para que serve?

Sabemos que um medicamento é utilizado para o bem de nossa própria saúde, mas que mesmo assim devido a alta concentração de componentes químicos eles também podem ser uma ameaça para a nossa saúde, daí surge a necessidade de conhecer mais sobre ele e tomar mais cuidado com a sua toma.

O medicamento em questão chamado de Tinidazol serve para ajudar pacientes que possam adquirir infecções após cirurgias, infecções que muitas vezes são:

  • Tricomoníase urogenital masculina e feminina;
  • Amebíase intestinal;
  • Infecções ginecológicas como endometrite;
  • Infecções de cicatrizes no pós-operatório;
  • Infecções do trato respiratório superior;
  • Vaginite inespecífica;
  • Giardíase;
  • Infecções intraperitoneais;
  • Septicemia bacteriana;
  • Infecções da pele e tecidos moles.

Contraindicações

Vimos anteriormente que este remédio sim é um medicamento muito bom pois á capaz de proteger o nosso organismo de diversos tipos de infecções, porém nem sempre ele se torna tão benéfico para o nosso organismo, pois em algumas ocasiões ele também pode causar mal.

Tinidazol contraindicações

Devemos reconhecer essas ocasiões e assim sempre nos prevenir de sua toma quando ele pode fazer mal ao nosso corpo, por isso agora iremos mostrar a você quando que este fármaco não deve ser tomado, e isso ocorre em casos de discrasias sanguíneas, doenças neurológicas, casos de alergia aos seus compostos e também por mulheres que estejam gravidas.

Tinidazol bula

É comum os medicamentos hoje em dia possuírem diversos componentes químicos, afinal é graças a diversos componentes químicos que ele consegue curar mais doenças em nosso organismo, mas sim existem medicamentos que não possuem mutos componentes e mesmo assim são capazes de ajudar o nosso organismo com muitos problemas de saúde.

O Tinidazol é um deles afinal com poucos componentes ele pode ajudar e muito a nossa saúde.

  • Componente principal: Tinidazol 500 mg;
  • Celulose microcristalina;
  • Hipromelose;
  • Macrogol;
  • Povidona;
  • Amido;
  • Estearato de magnésio;
  • Dióxido de titânio;
  • Polissorbato 80.

Posologia

Se você pretende utilizar esse medicamento para conseguir se prevenir de infecções que possam afetar o seu corpo depois de algum procedimento cirúrgico que irá fazer deve saber como usar este medicamento, e não deve se preocupar quanto a isso já que provavelmente o médico que cuidará de você irá te mostrar a forma certa de se tomar este remédio depois que for se recuperar em sua casa.

Tinidazol posologia

Mas para que ao menos venha ter uma noção maior sobre o medicamento em questão, vou citar aqui a posologia mais comum dele, ou seja, aquela que é mais usada, e esta ocorre sempre de 12 em 12 horas, e a quantidade ingerida do medicamento é mais ou menos 2 g em casa dosagem.

Tinidazol efeitos colaterais

Sabemos que os remédios são extremamente bons para o nosso organismo, mas infelizmente eles também podem se tornar extremamente ruim para tal, e por isso devemos tomar ele e junto a isso também tomar muito cuidado, pois os efeitos possuem relação com a forma que tomamos, afinal geralmente surgem quando ocorre a superdosagem do produto.

Geralmente os efeitos colaterais que acabam surgindo são:

  • Leucopenia;
  • Alergia;
  • Cefaleia;
  • Neuropatia periférica;
  • Hipoestesia;
  • Ataxia;
  • Vertigem;
  • Vômito;
  • Náusea;
  • Glossite;
  • Descoloração da língua;
  • Prurido;
  • Urticária;
  • Febre;
  • Diminuição do apetite;
  • Convulsão;
  • Parestesia;
  • Distúrbios sensoriais;
  • Tontura;
  • Disgeusia;
  • Rubor;
  • Diarreia;
  • Dor abdominal;
  • Estomatite;
  • Dermatite alérgica;
  • Angioedema;
  • Cromatúria;
  • Fadiga.

Preço e onde encontrar?

Terminamos de comentar sobre todas as propriedades que existem relacionadas ao medicamento em questão, agora chegou a hora de conhecermos o preço dele e lhe mostrar se é fácil de achar ele, e a reposta, é sim, afinal ele é um medicamento que no máximo custa cerca de R$ 15, um preço muito baixo, e que possibilita que muitos possam compra-lo e usufruir dos seus diversos benefícios, pois ele é um bom medicamento.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply